Costa Rica: a maior exportadora mundial de folhagens.

Mauricio da Cunha Mathias

Abstract


A Costa Rica é um país com características únicas na América Central, o começo de sua história foi semelhante à dos seus países vizinhos, mas conseguiu atingir um bom padrão de vida para sua população ao longo de mais de 100 anos de democracia. No setor de plantas ornamentais, esse país de 51.000 km2, pouco menor que o Estado da Paraíba, é um dos maiores produtores de plantas ornamentais do mundo, tendo exportado US$ 170,3 milhões em 2005. Somente nos últimos cinco anos o saldo de exportações de plantas ornamentais da Costa Rica cresceu em mais de US$ 28,5 milhões, bem acima do valor das exportações totais de plantas do Brasil em seu ano recorde (Figura 1). Em março de 2006, uma missão técnica de 26 produtores e empresários brasileiros esteve na Costa Rica por uma semana para ver em primeira mão o que está por trás do sucesso desse setor naquele país. A viagem foi organizada pelo Sebrae (Serviço de Apoio à Pequena e Média Empresa) e pelo consultor e pesquisador Guillermo Murillo, que assessora projetos de plantas tropicais em vários países. Se por um lado a Colômbia é famosa por suas rosas e flores de corte, a produção de plantas na Costa Rica pode ser dividida em três segmentos principais: plantas verdes como Dracaena, Aglaonemas e palmeiras (40% das exportações do setor de ornamentais); folhagens, com a venda de folhas de plantas como Cordelyne, Aralia e samambaias (38%); e finalmente as flores tropicais, tais como Alpinias e Heliconias (20%). Caracterizada por um dinâmico setor privado, políticas governamentais voltadas à exportação e com a ajuda da natureza, a Costa Rica conseguiu desenvolver um setor econômico maduro e diversificado.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v12i1.77

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema