Insetos (Arthropoda, Insecta) em inflorescências de Heliconia bihai (L.) L. (Heliconiaceae)

THAIS RANIELLE SOUZA DE OLIVEIRA, DANYELLY CRYSTYNE DE ARAÚJO SENA, VIVIAN LOGES, CLAUDIO AUGUSTO GOMES DA CAMARA, ALEUNY COUTINHO REIS

Abstract


As espécies do gênero Heliconia L. (Heliconiaceae) se destacam por apresentar inflorescências eretas ou pendentes, muito apreciadas por sua beleza. São muito utilizadas no paisagismo, uma vez que exigem pouca manutenção e são adequadas para uso em vasos ou em canteiros. No entanto, vários grupos de insetos (Arthropoda, Insecta) estão associados à Heliconia, tais como besouros (Coleoptera), formigas (Hymenoptera, Formicidae), pulgões (Hemiptera, Aphidoidea) e cochonilhas (Hemiptera, Coccoidea). Algumas espécies de helicônias acumulam exsudados, água em partes florais nas brácteas, formando um micro-habitat denominado de fitotelmata, que favorece a ocorrência destes insetos. O objetivo desse estudo foi determinar índices faunísticos para as principais ordens de insetos associados às inflorescências de Heliconia bihai (L.) L colhidas em Paulista, estado de Pernambuco, Brasil, e identificar estes insetos em nível de família. Os insetos foram coletados de 72 inflorescências e acondionados em álcool a 70% para posterior identificação. A análise dos dados foi baseada nos índices de infestação, frequência, abundância e constância. O índice de infestação foi de 100% das inflorescências. Do total de 759 insetos coletados, 87,6% foram da ordem Diptera, 4,4% Hymenoptera, 4,2% Coleoptera e 3,8% Hemiptera. A ordem Diptera apresentou os maiores valores de infestação, frequência, abundância e constância. Foi observado que 51,1% dos insetos eram dípteros da família Psycodidae (duas morfoespécies) e 19,5% da família Tipulidae (uma morfoespécie).



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v16i2.560

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema