Exportação de flores e plantas ornamentais pelo estado de Minas Gerais

Paulo Roberto Correa Landgraf, Patrícia Duarte de Oliveira Paiva

Abstract


O sistema de comercialização de flores no Brasil é dinâmico, principalmente considerando a grande demanda de importações de insumos básicos para a atividade, na qual o País é fortemente dependente das aquisições de material genético, oriundo, principalmente, da Holanda. No entanto, pouco se conhece sobre características da comercialização para o mercado exportador da produção mineira de flores e plantas ornamentais. Com o objetivo de avaliar aspectos da exportação de flores e plantas ornamentais de Minas Gerais, foi realizado um trabalho, em todo o Estado, junto a produtores de plantas ornamentais, flores de corte, vasos, bulbos, palmeiras e mudas arbóreas. O trabalho foi realizado no período de 2003 a 2005, e as entrevistas foram feitas in loco, durante as visitas a todos os municípios, sendo identificado um total de 427 produtores. Nas entrevistas, perguntou-se sobre o local de comercialização, Brasil e ou exterior, quando a comercialização era feita para o mercado externo, foram identificados os países de destino e a quantidade e valor monetário exportado. Apenas três regiões promovem exportação dos seus produtos, destacando-se as rosas de Barbacena, sempre-vivas em Diamantina, na região Central; a produção de Cymbidium em vaso e corte, em Senador Amaral, na região Sul; e a produção de bulbos de lírios, em Tapira, na região Alto Paranaíba. Conclui-se que os principais produtos de floricultura exportados pelo estado de Minas Gerais são rosas de corte, orquídeas de corte, sempre-vivas e bulbos de lírio, sendo os principais destinos Portugal, Estados Unidos, Holanda e Japão.
Palavras-chave: comercialização de flores, floricultura, mercado exportador.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v16i2.557

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema