Efeito da temperatura e do regime de luz na germinação de sementes de Palmeira-leque-da-China (Livistona chinensis (Jack.) R. Br. ex. Mart.)

NILCE NAOMI KOBORI, KATHIA FERNANDES LOPES PIVETTA, MARIA ESMERALDA SOARES PAYÃO DEMATTÊ, BRENO MARQUES DA SILVA E SILVA, PETTERSON BAPTISTA DA LUZ, RICARDO SOARES PIMENTA

Abstract


A Palmeira-leque-da-China é uma espécie bastante ornamental e muito utilizada em paisagismo. O objetivo deste trabalho foi verificar a influência de diferentes temperaturas e regimes de luz na germinação de sementes desta espécie. O delineamento experimental adotado foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 6 x 2 (seis temperaturas – constantes de 20, 25, 30, 35ºC e alternadas de 20-30 e 25-35ºC – associadas a dois regimes de luz – 8 horas de luz ou escuro contínuo). O experimento foi realizado em câmara de germinação do tipo BOD (Biochemical Oxygen Demand), com quatro repetições de 25 sementes, em caixas gerbox transparentes ou pretas, contendo vermiculita. As avaliações foram realizadas diariamente, considerando-se germinadas as sementes que apresentavam a protrusão do botão germinativo. Foi constatada alta porcentagem de germinação – 96 a 99% – independentemente da temperatura e do regime de luz, e também maior índice de velocidade de germinação na temperatura alternada de 25-35ºC, com regime de 8 horas de luz.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v15i1.432

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema