Biofábrica de Plantas Ornamentais

Monique Inês Segeren

Abstract


A técnica de cultura de tecidos vegetais “in vitro” de flores e plantas ornamentais
visando a sua propagação clonal foi desenvolvida, inicialmente, na Inglaterra e na França na década de 60. As orquídeas, o crisântemo e o cravo dominaram a fase inicial. De fato o processo de propagação “in vitro” de orquídeas a partir de protocórmios, foi o que mais entusiasmou os colecionadores e empresários, pois foi o que comprovou que é possível obter milhares de cópias filhas sob condições assépticas (Morel, 1960). 


Keywords


Biofábrica, cultura in vitro, ornamentais



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1969

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema