Conservação pós-colheita de Sorvetão (Zingiber spectabile Griff.) utilizando filme plástico em diferentes pontos de colheitas.

Robson Assunção Cavalcante, José Luiz Mosca, Waldelice Oliveira de Paiva, Vlayrton Tomé Maciel, João Batista Salmito Alves de Almeida, Adriana Andrade Guimarães

Abstract


Hastes florais de sorvetão (Zingiber spectabile Griff.) colhidas no Câmpus Experimental da Embrapa Agroindústria Tropical, situada em Fortaleza (CE),; em dois estádios de colheita: inflorescências com abertura completa e abertura incompleta na região apical, foram submetidas ao processo de limpeza e imersas em solução fúngica. Em seguida, procedeu-se ao corte basal das hastes (mantendo comprimento padrão de 40 cm) e hidratação, realizada por um período de uma hora em recipientes contendo água. As hastes foram colhidas no estádio 1 (inflorescências com abertura completa na região apical) e no estádio 2 (inflorescências que apresentavam abertura incompleta na região apical), embaladas ou não em filme de PVC de 15 ?m de espessura. Em seguida, colocadas em caixas de papelão, tipo telescópio, usadas comercialmente (dimensões de 1,0 m de comprimento; 0,32 m de largura e 0,2 m de altura) e armazenadas em câmaras frias em temperatura de 15 ºC e 85% de UR. Diariamente foram avaliadas perda de massa, aparência visual, além da longevidade floral. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x2, e o primeiro fator referiu-se aos dois pontos de colheita e o segundo,ao uso ou não do filme de PVC; com três repetições e cinco hastes por repetição. Não houve interação significativa entre os fatores pontos de colheita e uso ou não de filme de PVC para as variáveis estudadas. O revestimento das hastes florais com filme de PVC foi eficiente na redução da perda de massa para ambos os pontos de colheita. As maiores notas para aparência visual e maior longevidade floral foram atingidas em hastes florais colhidas no estádio 1 revestidas com filme de PVC. Não houve diferenças significativas entre os pontos de colheita para perda de massa e longevidade floral.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v12i2.194

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema