Sintomas e efeitos de deficiência de macronutrientes em helicônia ‘Golden Torch

Ana Cecília Ribeiro de Castro, Vivian Loges, Mario Felipe Arruda de Castro, Andreza dos Santos Costa, Fernando Antônio Sousa de Aragão, Lilia Willadino

Abstract


As espécies do gênero Heliconia, família Heliconiaceae, são plantas da América Tropical. Apresentam perspectivas promissoras como flores de corte por possuírem características fundamentais à comercialização como beleza, resistência ao transporte e durabilidade após a colheita. Por ser uma cultura relativamente recente, faltam informações fundamentais sobre nutrição mineral. Embora, de um modo geral, as deficiências se mostrem da mesma forma em várias plantas, o sintoma de carência de um determinado nutriente pode diferir muito de uma espécie para outra. Por isso torna-se necessário um estudo prévio a respeito da cultura. O objetivo deste estudo foi caracterizar deficiências nutricionais em Heliconia psittacorum x Heliconia spathocircinata cultivar Golden Torch, por meio de indicadores de crescimento, sintomatologia nas folhas. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, com oito tratamentos, sendo solução completa (N, P, K, Ca, Mg, S) e com a omissão individual de N, P, K, Ca, Mg ou S e ausência completa de nutrientes. Os sintomas de deficiência dos nutrientes surgiram na seguinte ordem de ocorrência: N, Mg, K, P, e S. Os sintomas foram: clorose generalizada em – N; clorose em – P e em – S; folhas verdeescuras e necrose em – K e; clorose ao longo dos bordos com necrose em – Mg. A omissão de Ca não acarretou sintomas visíveis. As deficiências de N e P afetaram mais intensamente o número de perfilhos, produção de massa seca das folhas, número de folhas e área foliar.


Keywords


helicônia, sintomatologia, nutrição, flores tropicais.



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1845

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema