Aclimatização da orquídea Oncidium ceboletta proveniente de mudas propagadas in vitro

Silvana Hirooka, Alessandro Ferronato, Susan Dignart, Jeferson Luiz Dalabona Dombroski

Abstract


Oncidium ceboletta (S.W.) é uma orquídea nativa no Mato Grosso e apresenta potencial como espécie ornamental. Ter segurança que as plantas propagadas in vitro venham a ser aclimatizadas com sucesso e uma etapa muito importante para o orquidicultor. Altas taxas de perdas e dificuldade em adquirir substratos assim como o local apropriado para aclimatização são fatores que desestimulam o cultivo de orquídeas. É importante o desenvolvimento de modelos de aclimatização de orquídeas que possam atender a diferentes realidades do pequeno produtor.
Em estufas, em que a umidade e a temperatura são controladas, o substrato não influencia tanto o desenvolvimento das plantas, porém, em ripados ou telados, nos quais não se tem o controle sobre esses fatores, a prosperidade da planta depende muito do tipo de substrato utilizado (Colombo 2005). Neste caso, a variação da estação seca e chuvosa deve ser considerada na aclimatização de mudas de orquídeas cultivadas in vitro.
O objetivo do presente trabalho foi testar substratos alternativos ao xaxim e o tamanho do copo usado como recipiente para as mudas na aclimatização de plântulas de Oncidium ceboletta obtidas por semeadura in vitro.


Keywords


Oncidium ceboletta, substrato, orquídea.



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1840

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema