Uso do ácido giberélico na embebição de sementes de palmeira latânia (Latania commersonil J.F. Gmelin).

sem identificacao, sem identificacao

Abstract


A palmeira latânia (Latania commersonii J. F. Gmelin) é uma espécie ornamental  adequada para o plantio em vasos, podendo ser utilizada isoladamente ou em grupos em jardins residencias e parques urbanos. Tem frutificação abundante ocorrendo na estação da primavera, a multiplicação desta especie é por sementes sendo que a germinação inicia-se aos 140 dias após semeadura. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência do acido giberélico na embebição de sementes de palmeira latânia. As sementes foram extraídas dos frutos maduros e secas a sombra, sendo realizadas caracterizações físicas e morfológicas dos frutos e sementes. Foi elaborada a curva de embebição por meio da pesagem inicial de quatro repetições com 25 sementes. A seguir, as sementes foram postas em solução de GA3 nas concentrações de 0; 500; 1000; 1500 e 2000 ppm, e colocadas na câmara de germinação tipo BOD a 25ºC, sendo pesadas em intervalos regulares. Antes de cada pesagem, as sementes foram secas com papel absorvente e posteriormente recolocado na solução. A curva de embebição foi traçada pelos valores percentuais da umidade ao longo de 480 horas. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições. A curva de embebição demonstrou que a entrada de água nas sementes foi muito lenta, indicando impermeabilidade do tegumento.



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1778

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema