Micropropagação de singônio.

Aldecinei Bastos Siqueira Schwertner, Gilmar Roberto Zaffari

Abstract


A propagação vegetativa de Syngonium podophyllum Schott (Araceae) em campo torna-se difícil para os produtores que buscam obter mudas de qualidade e em larga escala, em vista de problemas fitossanitários. Utilizaram-se gemas laterais da axila foliar de S. podophyllum para micropropagar essa espécie ornamental e, na fase de estabelecimento, submeteram-se os explantes a dois procedimentos de desinfestação: o primeiro consistiu em uma préassepsia em bancada de laboratório, com imersão das gemas em hipoclorito de sódio a 1%, durante 15 minutos, e de uma assepsia em câmara de fluxo laminar, com imersão em etanol 70% e em hipoclorito de sódio a 1%, por 3 e 30 minutos respectivamente; o segundo procedimento consistiu na assepsia apenas em câmara de fluxo laminar. Os explantes foram inoculados em meio MS e MS adicionado de ácido 3-indolacético (AIA) e 6-benzilaminopurina (BAP), ambos a 1,0 mg.L-1. Na fase de proliferação, submeteram-se os explantes a concentrações de 1,0; 2,5 e 4,0 mg.L-1 de BAP, adicionadas ao meio MS, ransferindo-se os brotos obtidos para frascos com meio MS para o crescimento e desenvolvimento de plântulas. A exposição das gemas laterais axilares a uma pré-assepsia em bancada e posterior assepsia em câmara de fluxo laminar foi mais eficiente na desinfestação dos explantes, com 100 % de sobrevivência. A adição dos reguladores de crescimento, AIA e BAP, ambos a 1,0 mg.L-1, no meio MS, promoveu maior desenvolvimento das plântulas durante o estabelecimento in vitro da cultura. Concentrações elevadas de BAP no meio de proliferação não induziram um aumento significativo no número médio de brotos por explante; entretanto, resultaram numa redução significativa do número médio de folhas e raízes. Os explantes provenientes dos subcultivos de proliferação do tratamento com 1,0 mg.L-1 de BAP, quando cultivados em meio MS, isento de reguladores de crescimento, apresentaram maior esenvolvimento de plântulas.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v9i2.177

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema