Aspectos paisagísticos e de utilização da Praça Dr. Augusto Silva, Lavras – MG, segundo a opinião de seus usuários e freqüentadores.

Alessandra Teixeira da Silva, Thaísa Silva Tavares, Patrícia Duarte de Oliveira Paiva, Denismar Alves Nogueira

Abstract


As praças públicas, no contexto urbanístico ambiental, apresentam relevante papel na melhoria da qualidade de vida da população, sendo bens de uso comum que contribuem para o embelezamento das cidades (Silva, 2003). 
Ao construir e expandir as cidades, novas áreas habitacionais surgem e a grande maioria das edificações atuais persiste na utilização de uma arquitetura e uma engenharia voltada ao aproveitamento máximo das áreas úteis. Assim, os espaços reservados para os projetos de paisagismo, na sua maioria, são restritos, exigindo que o profissional detenha o indispensável conhecimento técnico que lhe permita conhecer as necessidades vitais de cada espécie e um senso artístico apurado para alcançar o esperado êxito paisagístico (Robba & Macedo, 2003).   
A Praça Dr. Augusto Silva, situada no município de Lavras-MG, possui rica vegetação, na qual se destaca uma espécie centenária de tipuana (Tipuana tipu), um magnífico exemplar de cedro-do-Libano (Cedrus sp) e palmeiras imperiais (Roystonea oleracea). Há ainda, cerca de 42 exemplares de ipês de cores diversas o que corresponde a 38% do total dos exemplares arbóreos. Com relação às espécies arbustivas e forrações relata-se aproximadamente 20 espécies distintas senda a maioria exótica. 
No paisagismo, deve haver uma harmonia com as características plásticas da vegetação, permitindo assim um equilíbrio dos elementos de um ambiente que irá determinar a qualidade do projeto paisagístico. As plantas ornamentais podem se dividir em função do aspecto morfológico, hábito de crescimento ou mesmo pelo uso mais freqüente.   
Objetivando-se obter informações sobre uma das mais belas praças públicas do sul de Minas Gerais, caracterizada por apresentar uma considerável beleza, pesquisou-se junto aos seus freqüentadores alguns aspectos paisagísticos da praça, onde se realizou uma avaliação, mediante análise quantitativa e pesquisa junto à população.

Keywords


Praças Públicas; Praças Públicas;Urbanismo; Paisagismo



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1708

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema