Indução de calos em anteras de Coffea arabica em função dos reguladores de crescimento 2,4-D e TDZ.

José Magno Queiroz Luz, Soraia Viegas Marques, Raquel Viegas Marques

Abstract


Por se tratar de cultura perene propagada via semente, os programas de melhoramento do cafeeiro Coffea arabica demandam aproximadamente 25 anos desde a hibridação até a obtenção de uma nova variedade. Sendo assim, a cultura de anteras é considerada uma ferramenta importante, uma vez que pode auxiliar no melhoramento da cultura, pois permite a obtenção de haplóides em gerações segregantes, o que leva a rápida produção de plantas homozigóticas através da duplicação do número de cromossomos numa única etapa, substituindo as gerações de autofecundação. Além dos haplóides serem livres dos problemas de dominância e recessividade, por possuir apenas um alelo em cada loco gênico, acelerando drasticamente o processo de obtenção de novas cultivares (Andrade, 1998).
No Brasil, o C. arabica apresenta poucos progressos com relação à aplicação da cultura de anteras. Com isso objetivou-se com este trabalho avaliar, em diferentes épocas, o efeito dos reguladores de crescimento 2,4–D e TDZ na indução de calos em anteras de Coffea arabica.


Keywords


Coffea arabica; cultura de anteras; calogênese; reguladores de crescimento



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1673

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema