Indução de calos embriogênicos em Heliconia rostrata.

Janay Almeida dos Santos Serejo, Everton Hilo de Souza, Fernanda Duarte Vidigal Souza, Lucymeire Souza Morais Lino

Abstract


A acentuada procura por helicônias, principalmente por parte do mercado externo tem colocado o cultivo desse gênero de plantas em posição de destaque, dentre as atividades desenvolvidas no ramo da floricultura. A Heliconia rostrata apresenta inflorescência pendente e encontra-se entre as cultivares mais comercializadas para paisagismo e para flor de corte. 
As helicônias podem ser multiplicadas tanto por meio de sementes como por divisão de rizomas. A obtenção de plantas por semente é um processo lento e difícil, enquanto que a propagação por divisão do rizoma pode favorecer a disseminação e acúmulo de agentes causais de importantes doenças que são transmitidas entre plantios sucessivos, via rizomas contaminados. Dentre essas doenças estão as causadas por fungos de solo (Castro, 1995). 
O cultivo de meristemas in vitro para a produção de mudas de helicônia apresenta alta incidência de contaminação por bactérias endofíticas. Portanto, a regeneração de plantas a partir de embriões somáticos constitui uma alternativa interessante para a produção em larga escala de mudas de helicônia com elevada qualidade fitossanitária. 
Dois padrões básicos de expressão da embriogênese somática são comumente observados in vitro (Sharp et. al, 1980). O primeiro corresponde ao modelo direto no qual os embriões somáticos originam-se dos tecidos matrizes sem a formação de estágios intermediários de calos. O segundo padrão corresponde ao modelo indireto no qual os embriões somáticos se formam a partir de um tecido intermediário chamado calo, que apresenta células em diferentes estágios de diferenciação e, consequentemente com diferentes graus de determinação. 
A obtenção de calos embriogênicos depende de diferentes fatores, entre eles encontram-se o genótipo, o tipo de explante e os componentes meio de cultivo (Guerra et al., 1999).   
Este trabalho tem por objetivo a adequação de um protocolo para indução de calos embriogênicos em H. rostrata.

Keywords


Heliconia rostrata, embrião somático, cultura de tecidos.



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1609

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema