Avaliação de plantas transgênicas de Petunia x hybrida contendo o gene Psag12 - ipt cultivadas sob deficiência nutricional.

Francine Lorena Cuquel, David G. Clark e Keigo Minami

Abstract


Deficiência nutricional em plantas pode causar clorose, necrose, desfolha, redução do crescimento e da produtividade e senescência prematura. Aplicações xógenas de citocinina podem aliviar tais sintomas. Este estudo foi efetuado para avaliar os efeitos da produção auto-regulada de citocinina na tolerância de plantas de petúnia (Petunia x hybrida) à deficiência nutricional. Um gene quimérico contendo o promotor SAG12 unido ao gene ipt, o qual codifica a produção de isopentenyl transferase, uma enzima da rota metabólica da biossíntese de citocinina, foi introduzido em petúnia através de transformação mediada por Agrobacterium. Duas plantas contendo o gene ipt foram selecionadas e autopolinizadas para obtenção das linhas a serem submetidas à deficiência nutricional. Ambas as linhas PSAG12–ipt avaliadas foram mais tolerantes à deficiência nutricional que as plantas do tipo selvagem. Os resultados indicam que a produção endógena de citocinina pode aumentar a tolerância das plantas à deficiência nutricional.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v7i1.158

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema