Uso de diferentes fontes de carboidratos em meio MS na germinação de Cattleya labiata (ORCHIDACEAE).

Patricia Maria de Souza Paulino, Gemima Manço de Melo, Nise de Fátima Coutinho Souto, Cláudia Ulisses, Willadino Lilia, Terezinha Rangel Camara

Abstract


A família Orchidaceae é uma das mais numerosas entre as fanerógamas, sendo encontrada em quase todas as regiões do planeta, com exemplares até nas regiões boreais. Atualmente, muitas orquídeas em estado silvestre encontram-se em extinção, tendo-se, portanto, a importância de seu cultivo (Moura, 1979).
O gênero Cattleya destaca-se no Brasil na maioria das espécies, tanto pela coloração belíssima, como pelo grande tamanho das flores (Silva, 1986).
As plantas propagadas in vitro necessitam de uma fonte de energia externa pois, nesta fase são praticamente heterotróficas não encontrado as condições favoráveis para realizar fotossíntese. Assim, fontes de carboidratos são adicionadas ao meio nutritivo fornecendo energia metabólica e esqueletos carbônicos para a síntese de compostos orgânicos necessários para o crescimento das células (Caldas; Haridasam; Ferreira, 1998).
A sacarose é o carboidrato mais utilizado em meio de cultura, visando a propagação de plantas ornamentais, sendo que no meio Murashige & Skoog (1962) sua concentração é de 30g.L-1. Na propagação in vitro de orquídeas, outras fontes também têm sido utilizadas com menos freqüência como a glicose, frutose, maltose, entre outros (Tombolato; Costa, 1998).
O tipo e a concentração dos açúcares são importantes para promover a germinação e o crescimento das plântulas in vitro, assim como a própria manutenção de crescimento radicular (Arditti, 1967; Ernest, 1967; Kraus; Kerbauy, 1992; Collins; Dixon, 1992; Kerbauy 1993).
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes fontes de carboidratos na germinação in vitro de Cattleya labiata.




DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1578

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema