Crestamento bacteriano em filodendro causado por Pseudomonas cichorií.

Valdemar A. Malavolta Júnior, Irene M. G. Almeida, Júlio Rodrigues Neto

Abstract


É descrita a ocorrência de Pseudomonas cichorii causando lesões foliares ligeiramente circulares e de tamanho variável, em plantas de diversos cultivares de filodendro (Philodendron spp.), provenientes de viveiro comercial localizado no município de Holambra (SP), e cultivados sob cobertura plástica. Essas manchas, pardo-escuras, podiam atingir até 7 a 8 cm de diâmetro, verificando-se, em alguns casos, coalescência de lesões, acarretando intenso crestamento foliar. Essa é a primeira constatação de Pseudomonas cichorii em filodendro no Brasil. Isolados encontram-se depositados na Coleção de Culturas do Instituto Biológico, Seção de Bacteriologia Fitopatológica (IBSBF) sob n.ºs 1262 e 1263. Diferentes graus de resistência foram observados entre os cultivares de filodendro. O ‘Amarelo’ foi o mais resistente, enquanto P. scandens e os cultivares Boulevard e Red Emerald, além de quatro outros não identificados, mostraram alta suscetibilidade.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v7i1.157

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema