Indução de calos em cotilédones de nim utilizando diferentes concentrações de 2,4D e BAP

Marcelo Rodrigues, Renato Paiva, Jessé Marques Silva Júnior, Cristiano Martinotto, Daiane Peixoto Vargas

Abstract


A planta Azadirachta indica A. Juss, popularmente conhecida como nim, é uma espécie arbórea nativa da Índia, pertencente a família Meliaceae. Destaca-se por possuir substancias de ação inseticida, fungicida, bactericida e nematicida (Martinez,1998). Segundo Schmutterer (1995), citado por Pletsch (1997), dentre essas substancias, estão centenas de princípios ativos.           
Entre os compostos químicos presentes no nim com atividade biológica, o mais ativo é a azadirachtina, que por sua vez possui semelhança com o hormônio da ecdise dos insetos, desse modo atua alterando essa transformação, podendo inclusive impedi-la (Martinez, 1998). Apresenta ainda, efeito repelente e intoxicante, afetando a biologia e desenvolvimento, oviposição e a viabilidade dos ovos (Neves & Nogueira, 1996).
A produção em larga escala de clones, via cultura de tecidos, surge como importante alternativa para a produção de mudas selecionadas e sadias de nim. Essa técnica permite o isolamento asséptico de células ou tecidos da planta-mãe e seu cultivo em condições controladas, sendo que a expressão da totipotencialidade celular permite a regeneração de plantas inteiras idênticas a matriz (Tores & Caldas,1990). A micropropagação apresenta-se com grande superioridade em relação aos métodos vegetativos convencionais por incluir elevadas taxas de multiplicação, produção de material livre de doenças e pequeno espaço requerido para multiplicar um grande numero de plantas (Torres & Caldas, 1990).
Podemos observar que a micropropagação oferece muitas vantagens para a prática agrícola, como a maior rapidez na obtenção de um grande número de mudas ou materiais vegetais, e a erradicação de pragas e doenças da cultura (Pletsch, 1997). A clonagem in vitro é particularmente útil para conservação de espécies ameaçadas, e a propagação de espécies recalcitrantes ou de ciclo de vida longo. Também pode ser aplicada as espécies vegetais produtoras de princípios ativos úteis a serem explorados economicamente, da mesma forma que a micropropagação de espécies leguminosas , frutíferas, florestais e ornamentais (Kerbauy,1997).
Dentre os inúmeros fatores que afetam o cultivo in vitro e a regeneração de plantas em condições controladas, sem dúvida, são os reguladores de crescimento, tanto em seus aspectos qualitativos e quantitativos. O presente trabalho tem como objetivo estudar o efeito de 2,4-D e BAP na formação de calos de nim e o desenvolvimento dos mesmos. 


Keywords


Azadirachta indica, calos, cotilédones, 2,4-D,BAP, cultivo in vitro.



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1552

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema