Estudo sobre produção e comercialização de bromélias nas regiões Sul e Sudeste do Brasil.

Fabíola Saporiti Angerami De Andrade, Maria Esmeralda Soares Payão Demattê

Abstract


Este trabalho contribui para elucidar a situação em que se encontra a produção e comercialização de bromélias ornamentais nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, em virtude de sua crescente utilização como plantas ornamentais. Foram entrevistados 23 produtores nas suas respectivas áreas de cultivo. Os itens pesquisados foram: localização e caracterização das áreas produtoras; espécies em cultivo; origem do material de propagação; métodos de cultivo (substratos, fertilização, irrigação, controle fitossanitário, hormônios, recipientes de cultivo e controle de luminosidade, temperatura e ventilação); relação produção/ extrativismo; setor de produção ante à demanda. Concluiu-se que as áreas produtoras estão concentradas na região de Campinas (SP), Joinvile (SC), Porto Alegre (RS) e nas regiões metropolitana e serrana do Rio de Janeiro; os gêneros mais cultivados são Aechmea, Neoregelia e Vriesea; os métodos de cultivo são variados e adaptados a cada região; o xaxim faz parte de quase 100% dos substratos empregados; o produto mais adotado para a adubação é o Osmocote@ 14-14-14; o etileno é o principal produto utilizado para a indução floral; hoje, toda a produção é consumida e há falta do produto em algumas situações. Nenhum produtor se mostrou diretamente preocupado com o cultivo de espécies em extinção.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v5i2.145

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema