Primeiro relato de Podridão do colo em Zantedeschia aethiopica causada por Sclerotium rolfsii em Minas Gerais

Eliane Rezende Mesquita, Olinto Liparini Pereira, José Antonio Saraiva Grossi

Abstract


Zantedeschia aethiopica (copo-de-leite) é uma planta herbácea, nativa da África do Sul pertencente à família Araceae. Esta espécie é amplamente utilizada para fins ornamentais em diversos países no mundo, sendo no Brasil considerada uma das principais para indústria de flor de corte. Em dezembro de 2006 sintomas severos de podridão foram observados em plantas de copo-de-leite cultivadas no Setor de Floricultura do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa – Viçosa-MG. Os sintomas iniciavam-se com o amarelecimento e inclinação de folhas, seguidos de murcha das plantas e crescimento micelial de aspecto cotonoso na região do colo. Nas áreas mais severamente atacadas foram encontradas estruturas esféricas, uniformes, de cor marrom denominadas escleródios, caracterizando os sinais da doença. O fungo foi isolado e meio V8 a partir do tecido doente. No meio de cultura o fungo apresentava a seguinte morfologia: hifas brancas, ramificadas, com diâmetro de 1,5 a 3,0 μm; escleródios esféricos e elipsoidais de coloração marrom claro a marrom escuro e diâmetro 0,5-2,0 μm, variando e acordo com a idade. O fungo foi identificado como Sclerotium rolfsii Sacc. Uma amostra representativa foi herborizada para depósito em herbário (VIC 30448). Para comprovar sua patogenicidade, discos de nove mm de diâmetro, contendo fragmentos de micélio e escleródios, retirados das bordas das colônias foram inoculados na região do colo de plantas sadias de Z. aethiopica. Após seis dias, sintomas semelhantes aos previamente observados foram reproduzidos e o fungo foi reinoculado em cultura confirmando a etiologia da doença. Plantas inoculadas somente com discos da cultura (controle), mantidas sob as mesmas condições, permaneceram sadias. De acordo com levantamentos na literatura esse é o primeiro relato de S. rolfsii em Z. aethiopica no estado de Minas Gerais. Estudos posteriores serão conduzidos visando o controle da podridão do colo em copo-de-leite.

Keywords


Copo-de-leite; Araceae; cultivo protegido



DOI: https://doi.org/10.14295/oh.v13i0.1328

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema