Efeito de Fatores Ambientais no Crescimento de Mudas de Pau-Brasil (Caesalpinia echinata Lam.).

Francismar F.A. Aguiar, Claudio J. Barbedo

Abstract


Em experimento conduzido no Insituto de Botânica, em São Paulo (SP), foram observados os efeitos de condições ambientais sobre o crescimento de mudas de pau-brasil. Três níveis de luminosidade e dois de temperatura foram combinados para obter os ambientes de crescimento dessas mudas. Os tratamentos constituíram-se de quatro ambientes: a) casa de vegetação, com sombreamento de 50%; b) pleno-sol, em ambiente aberto; c) ripado, com 50% de sombreamento e d) telado, com 80% de sombreamento. Em cada ambiente foram colocadas mudas de C. echinata com 17 meses de idade e, nessa época e após 12 e 24 meses, avaliaram-se a altura das plantas, o diâmetro do caule à altura do colo e o número de folhas por planta. Os resultados mostraram aumento na velocidade de crescimento de mudas sombreadas, quando o sombreamento foi de até 50%. Entretanto, as mudas sombreadas em ambiente aberto (ripado) cresceram mais rapidamente em altura, não tendo o mesmo aumento na velocidade de crescimento para diâmetro do caule e para número de folhas. Já nas mudas em casa de vegetação, também sombreadas em 50%, o aumento na velocidade de crescimento foi mais equilibrado. O sombreamento de 80% mostrou-se prejudicial ao crescimento das mudas, diminuindo a velocidade de crescimento dos três parâmetros avaliados.



DOI: https://doi.org/10.14295/rbho.v2i1.116

ISSN: 2447-536X

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SBFPO - Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais | Cadastre-se na revista | Página Oficial SEER | Ajuda do sistema